Idéias e dicas para fazer um bom artesanato

Artesanato Natal


Como fazer arranjos de frutas de parafina

Escrito el 31 agosto, 2012 por admin

TÉCNICAS BÁSICAS.
1 — MODELAGEM COM SABÃO DE COCO EM BOLINHA DE EPS OU FRUTAS DE PLÁSTICO.
Para facilitar a modelagem e a pintura, obtendo uma réplica perfeita, use sempre como modelo uma fruta natural. Comece a modelagem abrindo na palma da mão uma pequena porção de massa de sabão com espessura de aproximadamente 1 cm. Coloque no centro a bolinha de EPS, envolvendo-a com a massa. Vá colocando mais pedaços de massa de sabão e modelando a fruta no formato desejado, sempre tomando por base o modelo natural. Para que não apareçam as emendas dos pedaços de massa de sabão, mantenha umedecidas as pontas dos dedos durante a modelagem. A fruta parecerá mais natural se você reproduzir as imperfeições, como reentrâncias, pequenos amassados ou manchas, no momento de pintar. Proceda da mesma maneira, se preferir substituir a bolinha de EPS por fruta de plástico. Depois de modelar, espete o palito.

2 — MODELAGEM COM FÔRMAS DE GESSO.
Compostas de duas metades ocas, as fôrmas de gesso devem ficar mergulhadas em água por 2 horas antes de ser usadas, para que a parafina se desgrude completamente do gesso quando a fruta for desenfor-mada. Em uma das metades coloque parafina quente (veja como reconhecer a temperatura certa da parafina no item Cuidados Especiais) até um dedo abaixo da borda. Cubra com a outra metade, prenda com um elástico largo para que as duas partes não se desloquem e com as mãos vá girando a fôrma até perceber que a parafina se espalhou completamente pelas duas metades. Para que a fôrma com a parafina esfrie mais depressa, mergulhe-a dentro da água durante 10 minutos. Depois, abra a fôrma e certifique-se de que a peça modelada esteja completamente fria e endurecida. Caso contrário, ela se quebra. Com cuidado, retire a fruta. Espete o palito de churrasco que servirá para segurar a fruta na hora de banhá-la em parafina quente. Após o banho, retire o palito.

3 — TEMPERATURA DA PARAFINA.
Modeladas com sabão de coco ou em fôrmas de gesso, as frutas devem ser banhadas em parafina quente antes e depois da pintura. Observe a temperatura: se estiver fria demais, as frutas ficam muito es-branquiçadas, realçando a aparência de artificiais. Caso esteja muito quente, a parafina estragará a pintura. Bara reconhecer a temperatura ideal, siga estas dicas: 1) Mergulhe rapidamente a ponta de uma faca na parafina derretida. Com os dedos, retire a parafina da faca e jogue dentro do recipiente com parafina quente. As lascas de parafina devem demorarem média 3 segundos para derreter completamente. 2) Leve a parafina ao fogo, em banho-maria, mas não deixe ferver. Quando derreter, apague o fogo e espere entre 5 e 10 minutos. Faça o teste da faca antes de começar a utilizá-la. Segure os vegetais pelo palito. No primeiro banho, antes da pintura, mergulhe cada fruta de duas a três vezes na parafina quente. No banho final, depois da pintura, mergulhe a peça apenas uma vez na parafina quente. A finalidade desse banho é fixar a tinta e dar brilho à fruta. Depois que a fruta estiver pronta, corte o palito com estilete, deixando apenas um pedaço para imitar o cabinho. Se quiser tirar o palito inteiro, puxe devagar, coloque um pouquinho de parafina quente no buraquinho, espere esfriar e pinte.

TÉCNICAS DE PINTURA.
Giz de cera e anilina em pó solúvel em óleo: são os dois tipos de corantes mais usados para tingir a parafina. Tanto os produtos nacionais quanto os importados oferecem uma grande variedade de cores. A parafina ficará com o tom mais acentuado depois de fria. Por isso, misture a anilina ou o giz de cera aos poucos, até obter uma tonalidade um pouco mais clara do que a desejada. O giz de cera deve ser picado ou ralado na parafina para que se dissolva com maior facilidade. Você também pode modelar e banhar frutas e legumes em parafina sem corante e usar apenas pó xadrez ou tinta a óleo para colorir. Pó xadrez: use pó xadrez misturado com cal. Pinte com os dedos, sempre protegidos por luvas de borracha (atenção: a cal é corrosiva), ou com uma esponja macia. A função da cal na mistura é fazer com que o pó xadrez se espalhe mais facilmente e a pintura tenha um aspecto natural. Use a proporção de 500 g de cal para 5 colheres (das de sopa) de pó xadrez.

Compartilhe no:
  • Orkut

Deixe um comentario

You must be logged in to post a comment.




↑ Top