Idéias e dicas para fazer um bom artesanato

Artesanato Natal


Arquivo da ‘Moveis e decorações’


Móveis e utensílios de tribos africanas 0

Escrito el 05 outubro, 2012 por admin

CULTURA SEM RETOQUE.

O tempo amadurece as obras do homem, exaltando o rústico e o primitivo. Foi assim que móveis e utensílios de tribos africanas desembarcaram no Brasil com sta-tus de arte para integrar uma mostra na Craft Hou-se, em São Paulo. Paula Lemos, curadora do evento, rastreou a costa oeste da África em busca da produção mais significativa do folclore negro. Encontrou banquetas, mesas, camas e tronos que surpreendem com suas linhas irregulares, e tecidos, instrumentos musicais e imagens diversas que detalham o universo intimo de um povo tão combativo quanto generoso. Com o fim da exposição, a Craft House já repôs os objetos vendidos, e agora promete ter sempre peças étnicas no estoque de mercadorias. Se você ficou interessada em prestigiar o design africano, procure a Craft House.
VAIORES ESTÉTICOS E FUNÇÕES RITUAIS DEFINEM AS CRIAÇÕES..

Compartilhe no:
  • Orkut

Mundo do enxoval 0

Escrito el 13 dezembro, 2010 por admin

Consagrada como a “rua-vitrine’ de design e decoração em São Paulo, a alameda Gabriel Monteiro da Silva tem sempre novidades, vendas especiais, lançamentos, inaugurações. Informe-se aqui.
Se está na hora de renovar o enxoval, não deixe de conferir as coleções e promoções da Trosseau Enxovais, no n° 912. É que a loja está facilitando o pagamento em ate três vezes sem acréscimo e também aceita todos os cartões de crédito. Na linha de lençóis, as vedetes são as marcas Gabei (italiana), Cannon (americana) e Trussardi (nacional), em coleções especiais com bordados e aplicações — a maioria pode ir direto para a lavadora e secadora. Outros itens importantes, e igualmente funcionais, são tapetinhos para banheiro, perfumes para a casa, toalhas de banho, mantas e edredons.

Compartilhe no:
  • Orkut

Como pintar um movel de madeira 0

Escrito el 14 agosto, 2010 por admin

MESMA PINTURA, OUTROS MÓVEIS.
Sob fundo branco e desgaste com lixas e espátulas, a patina provençal e suas variações renovam as peças e iluminam os ambientes de sua casa. Acima, ã esquerda, a cômoda Antichi Giorni recebeu esse tratamento no ambiente decorado por Vânia Scalamandré Duarte Garcia. Abaixo, à esquerda, o mesmo efeito está no aparador, móvel de Juliana Benfatti, que além da pintura mostra quadrinhos e aplique de metal. Idéia do decorador João Armentano. A direita, o móvel Antichi Giorni guarda chapéus, plantas e outros enfeites.

Compartilhe no:
  • Orkut

Manutenção de moveis 0

Escrito el 13 agosto, 2010 por admin

A pintura no tampo pede mãos firmes e imaginação.
Trabalhe também o tampo da mesa. Aqui, a artista plástica Eliane esboçou um peixe. Usou tinta esmalte acrílica -Bristol Blue, da Renner -diluída em aguarrás e pincel redondo. Para completar o trabalho, pincele as laterais do tampo com essa mesma tinta e retire o excesso com pincel seco, causando um bonito efeito manchado .

Compartilhe no:
  • Orkut

Restauração de móveis antigos 0

Escrito el 12 agosto, 2010 por admin

O bom resultado dessa técnica está em lixar e pintar o móvel consecutivas vezes.
MATERIAL:
• fundo sintético nivelador para madeira
• tinia para madeira branco-acetinado
• tinta esmalte acrílico •líner
• betume
• aguarrás
• lixas N°150. 220 e 400
• pincéis: trincba e redondo
• rolinho de espuma
• espátulas
• bandejapara tinta
• estopa
• luvas
• avental
1° passo:
Com a lixa n°150, desgaste toda a superfície do móvel para retirar resíduos de verniz e nivelar a madeira. Se ainda sobrar um pouco de verniz na peça, use estopa com tíner para removê-lo.
2° passo:
Passe uma demão de fundo sintético nivelador em todo o móvel. Esse produto grudará na madeira. Deixe secar por 1 dia .
3° passo:
Lixe todo o móvel com lixa n° 400, para alisar a superfície. O móvel está pronto para receber a tinta. Com pincel tipo trincha para as bordas e pernas e rolinho de espuma para o tampo, passe uma camada de tinta esmalte branco-acetinado em toda a peça. Espere secar bem. Alise o móvel novamente com a lixa fina para nivelar a pintura e retirar eventuais bolhinhas.
4° passo:
Gaste todo o móvel com espátula e lixa fina. Para reconhecer os pontos a ser desgastados, perceba as saliências e os volumes do móvel e imagine onde ficaria mais gasto com o tempo e o uso. Assim, o envelhecimento pela patina fica mais natural. Sempre que raspar com a espátula, passe a lixa em seguida, pois a espátula fere a tinta em sua camada mais profunda, levantando microarestas, e a lixa alisa a superfície.
5° passo:
Dilua o betume – uma substância que quebra o branco da tinta e dá uma cara de antiga à peça -em aguarrás. Passe esse líquido com um punhado de estopa por todo o móvel. Quanto mais clara você quiser a peça, mais água deve acrescentar ao betume. Em seguida, com uma estopa limpa, retire o excesso. Não demore muito, pois o betume seca muito rápido.
Si voce desea ver como pintar o móvel visita pintura tecido.

Compartilhe no:
  • Orkut

Móveis em casas com cara de francês 0

Escrito el 10 agosto, 2010 por admin

Seu móvel com cara de francês.
Em suas viagens pela região da Provença, na França, a artista plástica Eliane Góes apaixonou-se pela aparência envelhecida dos móveis em casas, bares e restaurantes. De volta ao Brasil, experimentou e adaptou várias técnicas de pintura que já conhecia e chegou a este resultado, batizado de patina provençal. Mais informacão sobre como fazer cortinas en tecido em tapetes croche.

Compartilhe no:
  • Orkut


↑ Top