Idéias e dicas para fazer um bom artesanato

Artesanato Natal


Arquivo da ‘Trabalhos em Patchwork’


Quadro artesanal acolchoado 0

Escrito el 17 setembro, 2010 por admin

QUADRO ACOLCHOADO AMISH:
Um exemplo típico do estilo Amish tradicional, no qual predominam as cores escuras.
MATERIAIS NECESSÁRIOS:
Tamanho final da peça: 26 cm x 26 cm. Tecidos das seguintes cores: vermelho, lilás, estampado floral e veludo preto. 0,30 m de quadrado de tecido de manta. Desenho e materiais para fazer o acolchoado.
Fita e pó de carvão. Régua, caneta hidrográfica, fios de linha em harmonia com o conjunto, agulha, ferro de passar. Moldura e vidro.
CONFECÇÃO:
(1) Cortes as seguintes peças:
Corte cinco quadrados de estampado floral de 4 cm por 4 cm.
Corte um quadrado de veludo preto de 10 cm por 10 cm.
Corte um quadrado de tecido lilás de 19 cm por 19 cm.
Corte quatro tiras de 26 cm por 4 cm.
(2) Costure o quadrado preto no centro do quadrado lilás. No centro do quadrado preto costure o quadrado de estampado floral. Costure as tiras vermelhas e compridas e, a seguir, costure-as ao redor do patchwork.
(3) Costure os quadrados pequenos de estampado floral nas esquinas.
(4) Passe bem todas as costuras seguindo uma única direção. Fixe o patchwork no tecido de manta alinhavando com pontos largos, separados 10 cm, aproximadamente, uns dos outros. Faça o desenho acolchoado no centro, para isso, aplique o método de perfurar e estresir e, a seguir, una os pontinhos com um lápis.
(5) Só falta montar o patchwork em uma moldura, colocar o vidro e pendurar o quadro.
Mais trabalhos em Patchwork visite pintura tecido.

Compartilhe no:
  • Orkut

Quadro de patchwork 0

Escrito el 16 setembro, 2010 por admin

QUADRO JARDIM JAPONÊS:
Este maravilhoso quadro composto por estampados florais, dará vida nova à qualquer parede.
MATERIAIS NECESSÁRIOS:
Tamanho final da peça: 26 cm x 26 cm. Peças de retalho coloridos: vermelho, estampado floral, xadrez, lilás e azul. 0,30 m de tecido de manta de poliester de 50 gramas. Fita adesiva. Moldura e vidro. Régua, caneta hidrográfica, fios de linha em harmonia com o conjunto, agulha, ferro de passar.
CONFECÇÃO:
(1) Corte um quadrado de 4 cm por 4 cm e comece a unir as peças aleatoriamente. Separe os retalhos de cores sólidas do retalhos estampados ou xadrez.
(2) Costure o trabalho, prepare o ferro de passar e passe as costuras conforme avança o patchwork.
(3) Se quer acolchoá-lo, agora é o momento de fazê-lo.
(4) Fixe a obra em uma moldura, usando para isso afita adesiva, que se aplicará na parte traseira. Coloque o vidro e feche bem.

Compartilhe no:
  • Orkut

Como fazer colcha patchwork 0

Escrito el 15 setembro, 2010 por admin

Seção patch-art.
ACOLCHOADO KLEE.
U desenho deste bonito acolchoado, que segue a estética do pintor Klee, pode ser adaptado facilmente a uma colcha fina.
MATERIAIS NECESSÁRIOS:
Tamanho final da peça: 120 cm x 72 cm. Peças de retalhos coloridos: vermelho, amarelo, turquesa e xadrez que combine. 1,30 m de tecido que combine para o forro. 1,30 m de tecido de manta de poliester de 50 gramas. Régua, caneta hidrográfica, fios de linha em harmonia com o conjunto, agulha, ferro de passar.
(1) [Para a confecção do quadrado]:
Corte dois retângulos de 4 cm por 6 cm nas cores vermelho e turquesa. Corre um quadrado de tecido xadrez de 10 cm por 10 cm e una-o aos anteriores. Corte uma tira de cor amarelo de 14 cm por 4 cm e una-a pela lateral esquerda do trabalho Corte outra tira de cor amarelo de 10 cm por 4 cm e una-a pela lateral direita. Corte uma tira de tecido xadrez de 15 cm por cm e outra do tecido turquesa da mesma medida e una-as pelas extremidades rodeando o patchwork.
Corte uma tira vermelha de 5 cm por 24 cm e outra turquesa. Costure-as na obra, pelas outras extremidades.
(2) Costure-as pouco a pouco c passe cuidadosamente cada uma das costuras, uma para cada lado. Costure as filas de modo que as costuras coincidam entre si, e, a seguir, passe-as com o ferro.
(3) Agora, você deve repetir o processo até obter 7 peças idênticas. Logo, una os quadrados e passe todo o trabalho.
(4) Prepare o tecido de manta de poliester e para acolchoar o trabalho. Faça um sanduíche com os tecidos e junte o tecido destinado ao forro. Alinhave por todos os lados e costure.

Compartilhe no:
  • Orkut

Confeccionar os trabalhos de patchwork 0

Escrito el 13 setembro, 2010 por admin

O melhor lugar para comprar os tecidos com os quais confeccionar os trabalhos de patchwork são as mercearias especializadas. Nelas você encontrará a melhor seleção de cores ; estampados em tecidos de algodão de boa qualidade c da espessura ideal para este fim. Também poderá conseguir o equipamento necessário para cortar com uma lâmina circular tecido de manta de poliéster, tecidos baratos de largura dupla para o avessodos édredons, marcadores dc sabão, livros e outros materiais que facilitarão o seu trabalho. Além disso, é bastante comum que os donos destas lojas sejam também admiradores do patchwork, de forma que facilmente você encontrará uma boa orientação e dicas pessoais.

Compartilhe no:
  • Orkut

O patchwork 1

Escrito el 12 setembro, 2010 por admin

O QUE É O PATCHWORK?
O patchwork nasceu na Inglaterra a princípios do século XVIII, em uma época em que os tecidos de algodão estampados eram muito I escassos. As mulheres guardavam cuidadosamente todos os retalhos que sobravam e depois os costuravam para fazer édredons, que logo acolchoavam com lã. É a arte que provém da necessidade. Mais tarde, com a chegada da revolução industrial, baixaram os preços do algodão estampado e o patchwork passou a ser uma arte decorativa. Come-aram a ser usadas máquinas de costura e a sua popularidade aumentou tanto na Inglaterra quanto na América do Norte. Atualmente, quase todos os trabalhos de patchwork ;ão costurados a máquina, porque é mais rápido e as costuras ficam mais fortes -se beiti que é possível costurar a mão, que é o mais autêntico.
Com o passar do tempo, foram aparecendo diferentes estilos de patchwork: as aplicações incrustradas do século XVIII, o patchwork de fantasia da época vitoriana, os naravilhosos desenhos bordados para os acolchoados do País de Gales, Durhan e Northumberland, o estilo americano… todo eles tiveram muito sucesso em seu momento, depois passaram de moda e, hoje em dia, experimentam uma segunda juventude. Mais informação sobre patchwork visita tapetes croche.

Compartilhe no:
  • Orkut

Como fazer passo a passo bolsa tecido 0

Escrito el 11 julho, 2010 por admin


Como fazer passo a passo bolsa tecido.
1 – Ao tecido de algodão, sobreponha os tecidos escolhidos para o chenille.
2 – Com o auxílio da régua e do giz de cera, faca riscos diagonais a cada 1 cm sobre os tecidos.
3 – Costure à máquina sobre todos os riscos.
4 – Acerte para o médio a posição de corte do cortador para chenille. Passe o cortador entre os riscos costurados, cortando todas as camadas de tecido, com exceção do tecido de algodão.
5 – Posicione o trabalho sobre o veludo e alfinete.
6 – Passe o rasqueador sobre o motivo para desfiar as camadas de tetido e formar o chenille. Lave o trabalho e aguarde secar.
7 – Monte a bolsa e costure as alças.

Compartilhe no:
  • Orkut

Bolsas de tecido artesanal 0

Escrito el 10 julho, 2010 por admin

Técnica utilizada: chenille.
Bolsas de tecido artesanal.
Materiais necessários:
• 50 x 50 cm de veludo preto
• 14x 70de veludo preto para cada alça
• Manta acrílica para as alças
• 5 tipos de tecido de algodão em tons de azul
• 55 x 55 cm de tecido de algodão preto para o fundo
• Linha para costura Gutermann 100% poliéster
• Cortador para chenille
• Cortador circular Telanipo
• Placa de corte Telanipo 45 x 60 cm
• Régua para patchwork Telanipo (Patch ruler)
• Alfinetes
• Tesoura
• Lápis
• Giz de cera
• Rasqueadeira
• Ferro de passar
• Máquina de costura

Compartilhe no:
  • Orkut

Como fazer capa para almofada 0

Escrito el 09 julho, 2010 por admin

Como fazer capa para almofada.
1 – Ao tecido de algodão, sobreponha os tecidos escolhidos para o chenille.
2 – Com o auxílio da régua e do giz de cera, faça riscos diagonais a cada 1 cm sobre os tecidos.
3 – Costure à máquina sobre todos os riscos.
4 – Acerte para o médio a posição de corte do cortador para chenille. Passe o cortador entre os riscos costurados, cortando todas as camadas de tecido, com exceção do tecido de algodão.
5 – Posicione o trabalho sobre o tecido de algodão com 50 eme alfinete.
6 – Costure à máquina, sobre o tecido de algodão.
7 – Passe o rasqueador sobre a peça para desfiar as camadas de tecido e formar o chenille. Lave o trabalho e aguarde secar.
8 – Em seguida, una as partes da capa da almofada.

Compartilhe no:
  • Orkut

Produtos para patchwork 1

Escrito el 07 julho, 2010 por admin

Na METRÓPOLE você encontra variedade e qualidade em produtos para patchwork!
Mantas Acrílicas • Mantas resinadas • Enchimentos siliconizados • Botões importados • Forrobel • Feltros de todas as cores • Réguas e cortadores para Patchwork-Tecidos Nacionais e Importados • Placas emborrachadas e Heat’n Bond • Botões de madeira pintados a mão • Lãs nacionais e importadas • Linhas Gütermann para quilting a mão e a máquina • Canetas Micron e aviamentos em geral • Materiais para Scrapbook.

Compartilhe no:
  • Orkut

Croche pano de copa 0

Escrito el 03 julho, 2010 por admin

Fazer croche pano de copa.
1 – Transfira os desenhos 1,2,3 e 4 para o papel termo-colante, conforme as instruções do fabricante.
2 – fixe o papel termo-colante no avesso dos tecidos, sendo os riscos 1,2, e 3 no tecido xadrez e 4 no tecido liso, utilizando o ferro. Depois, recorte cada peça que compõe o motivo.
3 – A10 cm da borda inferior do pano (incluso 2 cm para bainha), centralize e risque com o auxílio do papel carbono as demais partes que compõem o desenho. Encaixe as peças já com termo-colante nos espaços correspondentes, pressionando o ferro sobre elas por alguns segundos.
4 – Agora faça o ponto caseado no ninho, miolo dos girassóis, crista, bico e cauda da galinha.
5 – Para compor o redwork contorne o corpo da galinha, caule dos girassóis, chão e cerca com ponto atrás. Intercale alguns pontos cruz na cerca para dar um ar mais country ao desenho.
6 – Nas folhas e pétalas dos girassóis faça o ponto margarida. Pesponte o coração e pregue as miçangas no olho e corpo da galinha, aleatoriamente, com a linha de retrós branca. Aproveite para fazer a bainha e finalizar a peça com o acabamento de sua preferência.
Importante:
O molde já está na posição para ser passado para o termo-colante (avesso). Transfira a parte não pontilha-da para o papel manteiga. Ao virar o papel você terá a posição certa. Assim, é só transferir para o pano com o carbono para tecido.

Compartilhe no:
  • Orkut


↑ Top